Você sabe o que é osteoporose?

A osteoporose se caracteriza pelo enfraquecimento dos ossos e o consequente risco de fraturas.

É de suma  importância  salientar que, ao contrário do que muitos pensam, a osteoporose por si só não causa dor e sim quando há fratura.

Anualmente ,no mundo, existem 9 milhões de fraturas osteoporóticas e esse número só tende a crescer com o envelhecimento natural da população.

O risco de fratura existe nos dois sexos mas o número de fraturas no sexo feminino é maior.Após os 50 anos ,uma a cada 3 mulheres e um a cada 5 homens terão pelo menos uma fratura osteoporótica em sua vida. Apesar de fraturarem menos, o risco de mortalidade nos homens,após uma fratura por osteoporose, é 2 x maior em comparação ao sexo feminino.

As fraturas por osteoporose não necessariamente ocorrem em traumas de alto impacto. Pela fragilidade óssea, uma simples queda da própria altura pode gerar fraturas na bacia, braços, vértebras e ,principalmente quadril, esta a mais temida pela necessidade de cirurgias de urgência e risco de mortalidade elevado(20%).

Ao contrário das fraturas de quadril, as fraturas nas vértebras, na maioria das vezes, não são tão impactantes uma vez que apenas 30% destas causam dor. Apesar disso, é de suma importância a avaliação da coluna em pacientes com osteoporose, principalmente aqueles indivíduos idosos que vem perdendo altura com o passar dos anos. Perder altura é um sinal indireto de que existe a possibilidade de termos fraturas pois sabemos que ,como mencionado acima,70% delas não causam dor.

Mas se não sinto nada, porquê ficarei preocupado com minhas vértebras fraturadas?

A resposta é simples!

Evidência de vértebra fraturada nos mostra com clareza que existe um osso extremamente fraco , com necessidade rápida de tratamento medicamentoso pois o risco de ,no futuro, ocorrerem fraturas em outros sítios é muito grande.

Osteoporose e suas fraturas levam  um impacto enorme na vida das pessoas. Dor crônica, internações prolongadas, cirurgias de urgência e aumento nos índices de depressão e mortalidade depois das mesmas.

Infelizmente esta entidade ainda é muito pouco procurada pela população em geral pelo simples fato de não causar dor no dia a dia.

Portanto, toda mulher após a menopausa, homem após os 70 anos e qualquer indivíduo com doença crônica, deve procurar um especialista nessa área para avaliação do seu perfil ósseo e possibilidade de tratamento para consequente redução dos riscos futuros de fraturas.

Dr Fernando Majerowicz é Reumatologista do Instituto Clinics

26/10/2017

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso endereço
Fórum de Ipanema
Rua Visconde de Pirajá 351, sala 614 . Ipanema - RJ
Telefones: (21) 2267-5384 e 99246 4696
Siga-nos!