T-U-D-O sobre REPELENTES.

O verão combina com Sol, praia, férias e viagens.
Mas quem também se aproveita desta época é o nosso velho conhecido Aedes aegypt, que além da dengue, também transmite o Zika vírus e o Chikungunya.

E por isto, o assunto da moda neste verão é o uso de repelentes. Em todos os grupos de amigas gestantes ou com filhos pequenos só se fala nisso.

E para que você esteja super antenado com o que há de mais científico neste tema, disponibilizamos uma sequencia de perguntas e respostas para esclarecer todas as dúvidas.

A partir de qual idade as crianças podem usar repelentes?
A partir de 6 meses de idade. Antes disto, o uso de repelentes não é recomendado.

Qual o tipo de repelente adequado para crianças?
O tipo de repelente e a quantidade máxima de aplicações diárias permitidas para crianças em cada idade está resumido na tabela abaixo.

< 6 meses / 6 meses a 2 anos / 2 a 7 anos / > 7 anos
IR3535 não / até 1x/dia / até 2x/dia / até 3x/dia
DEET infantil (6 a 9%) não / não / até 2x/dia / até 3x/dia
Icaridina 20 a 25% não / não / até 2x/dia / até 3x/dia

Mas fique atento: embora dependendo da faixa etária a aplicação seja limitada a uma ou poucas vezes ao dia, os repelentes infantis têm duração de ação variadas:

– IR3535 (ethyl butilacetilaminopropionato): duração 4 horas

– DEET (dietiltoluamida ou N,N-diethyl-3-methylbenzamide) 6 a 9%: duração 4 a 6 horas

– Icaridina 20 a 25%: duração 10 horas

Dentre as principais marcas comerciais para crianças, qual o princípio ativo de cada uma?

– IR3535: Johnson`s baby loção anti-mosquito

– DEET 6 a 9%: OFF! Kids loção; Repelex Kids

– Icaridina: exposis infantil

– Qual o tipo de repelente adequado para adultos?
Três tipos de repelentes podem ser usados por adultos. A tabela abaixo faz um resumo com as características de cada um.

Duração / Aplicações Diárias / Nomes Comerciais
IR3535 até 4 h / até 3x/dia / Johnson`s loção
DEET 10 a 15% até 6 a 8 horas / até 3x/dia / OFF aerosol
Icaridina 20 a 25% até 10 horas / até 3x/dia / Exposis adulto

Atenção: repelentes à base de citronela ou outros componentes fitoterápicos não são eficientes contra o mosquito Aedes aegypt.

– Como o repelente deve ser aplicado?
Deve-se aplicar o repelente generosamente nas áreas de pele que ficarão expostas (sem cobertura pelas roupas).

O ideal é que a distribuição do repelente seja a mais homogênea possível em toda a pele exposta.
Não esqueça que o repelente deve ser reaplicado respeitando-se a sua duração e sem ultrapassar 3 aplicações por dia em adultos.

Evite o contato do repelente com olhos, nariz e boca.
– É possível utilizar repelente e filtro solar ao mesmo tempo?

Sim. Existem formulações com ambos os componentes. Mas para quem não tem este tipo de produto com dupla ação em casa, a dica é primeiro aplicar o protetor solar. Após o protetor solar secar na pele (pelo menos 15 minutos), o repelente deve ser aplicado. O repelente é sempre o último a ser aplicado na pele.

– É recomendado dormir com o repelente na pele?
Durante o sono, as barreiras físicas como mosquiteiro são preferíveis.

– Todos os repelentes têm a mesma eficácia em relação ao Aedes aegypt?
Alguns estudos mostram que a Icaridina 20 a 25% oferece maior proteção contra o Aedes aegypt do que o DEET 6 a 9%, porém ainda são necessários mais estudos sobre o assunto.

Dr. João Marcello de Araujo Neto
Hepatologia e Clínica Médica
04/02/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso endereço
Fórum de Ipanema
Rua Visconde de Pirajá 351, sala 614 . Ipanema - RJ
Telefones: (21) 2267-5384 e 99246 4696
Siga-nos!