Impotência Sexual. O que você precisa saber.

O universo masculino é marcado por tabus e rituais interessantes e, por conta disso, existem alguns assuntos que acabam sendo envolvidos em uma aura perigosa de desinformação. Sendo assim, conhecer algumas coisas que você precisa saber sobre a falta de potência sexual pode ser muito importante para a sua saúde.

O fato é que existem muitos mitos e informações incorretas sobre o tema e, por isso, não é raro que alguns casos potencialmente simples acabem sem solução e outros que se agravam por falta de uma abordagem adequada. Confira o conteúdo a seguir e evite que isso aconteça com você!

1. A PRINCIPAL CAUSA DE IMPOTÊNCIA É PSICOLÓGICA

Muitos homens não acreditam nisso, mas o fato é que a principal causa da falta de potência sexual é mental. As doenças e problemas psicológicos, como depressão, insatisfação com a autoimagem e traumas, são os fatores que mais desencadeiam a falta de libido e, consequentemente, a impotência no homem.

Por conta da maioria das sociedades terem um forte machismo arraigado, quem sofre com esse problema pode considerá-lo uma “frescura” e não buscar auxílio de um médico ou terapeuta. Se esse for o seu caso, busque ajuda especializada, pois a solução pode ser mais simples do que você imagina.

2. ALGUNS REMÉDIOS PODEM CAUSAR IMPOTÊNCIA

Outro fato que é pouco conhecido do público em geral é que o uso de algumas classes de medicamentos podem causar impotência. Muitos remédios apresentam esse tipo de efeito colateral e, sobretudo quando ingeridos por conta própria ou sem orientação adequada, podem reduzir o fluxo sanguíneo no pênis ou até mesmo a libido.

Entre os princípios ativos que estão mais relacionados com esse tipo de problema estão os antidepressivos, os anti-hipertensivos e alguns antipsicóticos, por exemplo. Bebidas alcoólicas e cigarros também podem fazer isso. No entanto, não pare de tomar medicações sem a orientação do seu médico.

3. VOCÊ PODE LESIONAR OU “QUEBRAR” O PÊNIS

Mesmo que o pênis não tenha ossos em seu interior, ao contrário do que muitas pessoas pensam, é possível “quebrar” o órgão. Geralmente, isso ocorre durante a relação sexual e em ereção, quando a parceira impacta a região e isso acarreta na fratura dos corpos cavernosos, que estão cheios de sangue.

Em alguns casos, pacientes revelam que até ouvem um “estalo” quando há o trauma. Se isso acontecer com você, o ideal é aplicar gelo no local para estancar o sangramento interno e ficar em abstinência sexual até a melhora do quadro. Se ele persistir, a avaliação do urologista especializado é fundamental.

4. EXISTEM VÁRIOS TIPOS DE TRATAMENTO

Existem vários tipos de tratamento para a falta de potência sexual. O mais comum deles, que você talvez já tenha até recorrido, são as medicações orais, como o Viagra. Elas aumentam o fluxo sanguíneo para a região e ajudam na ereção. Existem, para os casos um pouco mais graves, drogas injetáveis diretamente no pênis.

Se nada funcionar, a opção pode ser uma prótese, que é utilizada para dar sustentação. Existem algumas versões diferentes, que devem ser escolhidas de acordo com as possibilidades da técnica cirúrgica e as características, demandas, anseios e expectativas do paciente.

Como você pode perceber, existem muitas coisas que você não sabia sobre a falta de potência sexual. No entanto, com a abordagem correta, esse é um problema que tem solução e pode ser deixado no passado!

Dr José Alexandre Pedrosa – Urologista

http://www.drjappedrosa.com

18/09/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso endereço
Fórum de Ipanema
Rua Visconde de Pirajá 351, sala 614 . Ipanema - RJ
Telefones: (21) 2267-5384 e 99246 4696
Siga-nos!