Ginecomastia – o aumento das mamas no sexo masculino

Dr Rafael Addum
Clinica Médica
30/10/2016

A Ginecomastia é o nome médico para o crescimento de mamas em homens ou meninos, o que frequentemente gera embaraço, dor e desconforto nos indivíduos com esse problema. Nessa condição, ocorre uma proliferação benigna da glândula mamária, por uma maior ação dos hormônios estrogênios em relação aos androgênios (hormônios que em geral têm maior “força” no sexo masculino).

É importante diferenciar a ginecomastia da pseudoginecomastia, que ocorre em indivíduos obesos devido somente ao acúmulo de gordura nessa região. Apesar de raro, o câncer de mama do sexo masculino também deve ser excluído – em geral, causa uma massa endurecida apenas em uma mama, localizada longe do mamilo e aréola.

A ginecomastia é considerada “normal” e transitória em alguns grupos de idade: nos recém-nascidos, em crianças na puberdade e em idosos, podendo afetar até metade desse último grupo. Algumas vezes, não é encontrado um motivo específico para o crescimento do tecido mamário da idade adulta.

Porém ser um homem com “peitos” grandes pode traduzir um problema mais sério em alguns casos. A ginecomastia está relacionada a algumas situações clínicas como uso de medicamentos, cirrose hepática, hipogonadismo, tumores testiculares, hipertireoidismo e insuficiência renal crônica. Em geral, conseguimos diferenciar entre essas causas através de uma história clínica, exame físico e alguns exames.

Em relação ao tratamento da ginecomastia, felizmente muitos casos possuem resolução espontânea, ou com o tratamento da causa relacionada. Já o tratamento cirúrgico pode ser indicado para pacientes com ginecomastia de longa duração (mais de um a dois anos), que possuam forte prejuízo psicológico por motivos estéticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso endereço
Fórum de Ipanema
Rua Visconde de Pirajá 351, sala 614 . Ipanema - RJ
Telefones: (21) 2267-5384 e 99246 4696
Siga-nos!