A Moderna Cirurgia da Catarata

A Cirurgia de catarata é considerada uma das mais comuns e antigas cirurgias realizadas em todo o mundo e também a que evoluiu rapidamente nas últimas décadas. A técnica mais antiga é a facectomia extra-capsular, na qual a pessoa precisava esperar a catarata “amadurecer” e, durante a cirurgia, ainda era necessário dar pontos na córnea. Depois disso, passamos para a facectomia por facoemulsificação. Nesta técnica a catarata é emulsificada através de micro incisões, sem a necessidade de pontos e com lentes dobráveis que são implantadas através de pequenos injetores. Com isso, o pós-operatório se tornou fácil, rápido e mais seguro. Com isto, o paciente pode voltar a sua rotina já nos primeiros dias após a cirurgia e com pouquíssimas chances de infecção.

Sem dúvida, o avanço na cirurgia de catarata nos últimos dois anos foi extremamente significativo. A cirurgia se tornou ainda mais segura e eficaz com a consolidação do uso do Laser de Femtosegundo, permitindo que algumas etapas do procedimento pudessem ser realizadas através do laser, aumentando ainda mais a sua segurança. Com o surgimento das novas bombas de infusão ativa nos aparelhos de facoemusificação ganhamos precisão e rapidez nos procedimentos.

Na área do diagnóstico, surgiram novos equipamentos e fórmulas para calcular o grau das lentes implantadas, permitindo uma maior previsibilidade no resultado refracional, após a cirurgia de catarata. Com isso, hoje, após a cirurgia, há uma menor chance de ainda haver necessidade do uso de óculos.

Em relação às lentes intraoculares, aquelas que são utilizadas para substituírem o cristalino envelhecido (catarata), houve um grande avanço na plataforma de multifocalidade. Outra novidade positiva foi a chegada das novas lentes trifocais e trifocais tóricas.

Para 2018, certamente, a área com maior evolução será a dos equipamentos utilizados para a realização da cirurgia de catarata. A tecnologia 3D está sendo incorporada aos novos microscópios, assim como tomógrafos e aberrômetros, conferindo não apenas mais segurança ao procedimento, como também mais previsibilidade no grau da lente a ser implantada. As novas lentes intraoculares premium para correção do astigmatismo e da presbiopia terão, neste aspecto, um maior benefício desta tecnologia.

Os aparelhos utilizados na cirurgia da catarata evoluem a cada dia, diminuindo o tempo cirúrgico e a energia utilizada para a sua emulsificação. A moderna cirurgia de catarata chamada por muitos cirurgiões de “óptica cirúrgica” é aquela na qual o paciente terá a possibilidade de escolher com maior previsibilidade o resultado visual pós-cirúrgico com as lentes de alta performance. Com o avanço das novas técnicas, o cirurgião poderá proporcionar ao seu paciente um procedimento mais seguro com um pós-operatório ainda mais tranquilo.

Dr Pedro de Toledo – Oftalmologista

12/04/2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso endereço
Fórum de Ipanema
Rua Visconde de Pirajá 351, sala 614 . Ipanema - RJ
Telefones: (21) 2267-5384 e 99246 4696
Siga-nos!