Carnaval é bom, com prevenção fica melhor ainda.

Com a chegada do carnaval, vem a preocupação do aumento do número de doenças sexualmente transmitidas.
A proximidade entre as pessoas, o apelo erótico das propagandas, o ritmo acelerado dos blocos na rua e o aumento da ingestão de bebidas alcoólicas conduzem a um clima de sexualidade aumentada.
A alegria excessiva desta época do ano pode diminuir a percepção do risco que existe no sexo desprotegido e sem segurança.
Os dados atuais das doenças sexualmente transmissíveis (DST) assustam. As estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram, que ocorre a cada ano, no mundo, mais de 340 milhões de novos casos das quatro clássicas DSTs curáveis, que são: tricomoníase, sífilis, gonorreia e clamídia.
No Brasil, uma pesquisa recente realizada pelo Ministério da Saúde sugere que mais de 10,3 milhões de brasileiros já tiveram algum sinal ou sintoma de DST. A AIDS, sífilis, hepatite B, gonorreia, herpes, HPV e clamídia são alguns exemplos. Os sintomas dependem do tipo da infecção adquirida e incluem coceira, feridas, corrimentos, verrugas e dor durante a relação sexual. Algumas doenças podem evoluir para formas crônicas e graves.
Um erro bem comum é relacionar a aparência física à presença de DST. Indivíduos aparentemente saudáveis e sem sintoma nenhum também podem ser portadores dessas doenças e transmiti-las durante a relação sexual.
Em relação à prevenção, para a hepatite B e HPV existem vacinas e estas são indicadas para a população sexualmente ativa. Mas para as outras doenças, a principal forma de prevenção é o uso dos preservativos. A camisinha deve ser usada em todas as formas de relação sexual. É um método barato e eficaz de proteção.
Não deixe que a euforia comprometa a sua saúde. Quem ama se cuida. Use camisinha sempre e previna-se das doenças sexualmente transmissíveis.

Dra Thelma Flosi Gola
Infectologia
17/02/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nosso endereço
Fórum de Ipanema
Rua Visconde de Pirajá 351, sala 614 . Ipanema - RJ
Telefones: (21) 2267-5384 e 99246 4696
Siga-nos!